16.4.07

Pra você, mãe!


Dia 17 de abril de 19???(não vem ao caso, né mãe?!) ela veio ao mundo com uma missão. Talvez ela nem saiba disso, mas eu tenho absoluta certeza que a missão dela neste mundo era ser a minha mãe. Era me gerar, me criar, e me ensinar tudo o que eu sei. Era fazer com que eu tivesse vontade de crescer só para mostrar para ela que eu aprendi o que ela tinha me ensinado...
Hoje é aniversário dela e mais uma vez eu estou longe. Ela diz que é golpe para não dar presente. E eu digo que o azar é meu, porque o que eu mais queria era abraçá-la neste dia. E queria ter muita grana para mandá-la para um lugar lindo e chique ( e eu ir junto, né?).
Minha mãe é moderna, gente. Ela é internauta e tem mil amigas que conheceu no orkut. Ela é fã da Ana Carolina, do seu Jorge, da Marisa Monte. Que Roberto Carlos que nada. A coroa é pop! É tatuada. T-A-T-U-A-D-A! E fez a tatuagem depois dos 50. Fala palavrão.
Mas tem uma coisa que não muda. Nem com toda esta modernidade: ela diz que não criou filho pro mundo coisa nenhuma. Que ela quer nós três debaixo da asa dela. Que não é possível que eu e minha irmã cismamos de morar longe. E quase toda vez que ela me liga ela diz: "Volta logo pra casa!"
E é lá na casa dela que eu me sinto em casa. É deitada na cama dela que eu me sinto protegida, como se nada no mundo fosse me atingir.
Mãe, para você, no seu aniversário, eu lhe dedico estas flores aí de cima (afinal, as flores do ano passado chegaram murchas, né?), uma surpresa especial feita pela Carla San, uma amiga mais que querida bem aqui: http://www.vicenzzasan.blogspot.com/ e um poema (que a querida Mani me mandou). E é claro, todo o meu amor. Todinho ele. Te amo muito, você sabe!
**********************************************************************************
Com licença poética
Adélia Prado
"Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza
e ora sim, ora não,
creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo.
Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos— dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou."
************************************************************************************
Lia Lima, minha amada mãe, segue ainda uma música para vc lembrar de mim...sua menina passarinha com vontade de voar (não foi a toa que eu estudei ecologia de aves, não é mesmo?)
************************************************************************************
"Quando estou nos braços teus
Sinto o mundo bocejar
Quando estou nos braços teus
Sinto a vida descansar
No calor do teu carinho
Sou menino passarinho
Com vontade de voar
Sou menino passarinho
Com vontade de voar "
***********************************************************************************
Mas não se preocupe...eu alço vôo mas sempre volto pro meu ninho :-))
Beijos gigantes. Daqui da Amazônia até o Rio de Janeiro.
Tua Lilica!

15 comments:

Allan Robert P. J. said...

Parabéns à sua mãe, que ajudou a Lilica crescer e ganhar o mundo.

Anonymous said...

Lilica minha garotinha,você me emocionou com seu post.
Nem tenho palavras para lhe agradecer.
No momento só um grito sai de minha garganta:
VOLTA PRA CASA MENINA !!!
Eu te adoro e estou morrendo de saudades...
Beijos e muitos abraços pra vc meu anjo,que DEUS lhe abençõe.

Mirian said...

Minina tu qué matá sua mãe de emoção.....kkkk
Linda homenagem para sua mami querida.. me deu nó na garganta e tudo...Lia, Parabens pelo niver e por ter essa filha maravilhosa!
Miriandg

Anonymous said...

Alline querida, assim tu mata a véia, hehehee, imagino quantas lágrimas rolaram pelo rosto da " apresentada" quando leu esta tua linda homenagem. Tua mamy é realmente uma " guria " muito especial e amo de paixão ser amiga dela.
Parabéns pelas lindas palavras, pura emoção.
bjs da amiga dos pampas, Silvia

Anonymous said...

Alline querida, parabéns pra vc por ter vindo ao mundo através dessa criatura maravilhosa que é a tua mãe! Estou emocionada em ler tudo o que escreveste. Se bem conheço tua Mamy, ela deve estar chorando até agora, com tanta emoção...
Parabéns mais uma vez Lia, pelo niver e pela filha carinhosa que tens. Alline,beijinhos pra ti.
Delma

Fátima said...

Alline:
se eu estou emocionada, imagine sua mãe. Que coisa mais linda. Parabéns para ela, pelo aniversário e por nos dar você.
E , se eu fosse vc eu voltava prá casa, prá matar a saudade.
Beijos

Fátima said...

Alline:
se eu estou emocionada, imagine sua mãe. Que coisa mais linda. Parabéns para ela, pelo aniversário e por nos dar você.
E , se eu fosse vc eu voltava prá casa, prá matar a saudade.
Beijos

Jannine L'Amour said...

Parabéns Lia, pelo aniversário, pela filha linda que vc tem, tenho certeza que os outros dois tb são, e que Deus te abençoe muito hoje e sempre. Um cheiro no seu coração e no da sua Lilica.

Paula said...

Alline,

Parabéns pra tua mamae.
Quando vc vem pra Italia? Traz a mamma junto!

Um beijao

laura said...

Parabéns para tu mamá.
Deve ser legal mesmo, achei comovente o qu evc disse, bjs Laura(lilica, tb tenho este apelido)

Vivizilla said...

Parabéns Tia Liaaaaaaaaa!!! mil beijos gelados!!! Vivi

denise said...

Parabéns à mamãe! Que sorte a tua de ter uma mãezona assim, que te deixa voar... Se fosse eu , amarrava na perna da cama, he he.
beijos enormes pra mãe e filha.

Edson Marques said...

Parabéns pela tua mãe.

E agradeço por ter publicado certa vez meu poema MUDE.

Se puder, veja o video.

E (um comercial...) compre o livro, editado agora, com prefácio de Antonio Abujamra.

Abraços, flores, estrelas..

BELA said...

Linocaaaa, que coisa mais liiindaaaa!
beijos com zóin chei de lágrima pra você e Dona Lia!

Bela

Anonymous said...

Agradeço a todos que me felicitaram, e deixaram palavras tão carinhosas.
Minhas amigas,,amigos da minha Lilica,enfim... muito obrigada a todos vcs...
Um abraço e um cheiro pra todos....
Lia Lima